//
arquivo

Archive for

What happens in Assembleia stays in Assembleia…

Assunção Esteves, na reforma desde os 42 anos (nunca é demais lembrar), disse aos jornalistas que trabalham no Parlamento que estão “vinculados aos direitos fundamentais”, após “queixas” de deputados por lhes terem sido fotografados e filmados os ecrãs dos computadores. Para a presidente da Assembleia da República: “Os computadores têm um domínio de reserva privada … Continuar a ler

Uso e abuso das fontes anónimas

Uma crítica acertada à palhaçada da utilização sem freio de fontes anónimas para sustentar notícias feita por António Granado no blogue Ponto Media. Um abuso que chega ao ridículo de usar fontes anónimas para desdizer outras fontes anónimas ficando de lado o respeito pelos leitores privados de atribuir rostos à fonte verdadeira e à fonte … Continuar a ler

Os Caprichos da Pluma de Clara Ferreira Alves

Sobre os caprichos da pluma de Clara Ferreira Alves já muitos escreveram. Vasco Pulido Valente até levou com um processo crime (por lhe ter chamado analfabeta). Mas há caprichos intoleráveis e um deles é querer escrever prosas inspiradas (o que é discutível quando falamos desta autora) recorrendo a “factos” que não o são. No texto … Continuar a ler

A ameaça dos “aventureiros de meia-tigela””

Numa altura em que se nota nalguns media investimentos de “aventureiros de meia-tigela” com interesses que nada têm que ver com jornalismo e que já deram o belo resultado que se viu no jornal “i”, vale bem a pena ler este  artigo: “Uma profissão sem profissionais“. Subscrevo inteiramente as palavras de Nobre-Correia quando diz: “Seria … Continuar a ler

Os Poderes fácticos que controlam os Media

Um óptimo artigo de artigo de Luís Paulo Rodrigues, publicado no jornal “i”, “sobre os desafios que se colocam ao jornalismo contemporâneo, nestes tempos críticos para as instituições representativas do Estado e dos poderes democráticos”. O título é sugestivo “Jornalismo, poderes fácticos e novas censuras”, mas podia ir mais longe e referir-se também à necessária … Continuar a ler