//
está a ler...
Anti-Jornalismo

Esquizofrenia do Expresso sobre violência no Chiado

Rodrigo Moita de Deus, no blog 31 da Armada, aponta a incoerência de uma notícia do Expresso sobre os incidentes no Chiado. Um artigo que coloca como testemunhas pessoas intervenientes nos confrontos e que estavam num dos lados da barricada como manifestantes. O que coloca de sobremaneira em causa a idoneidade dessas ditas “testemunhas”, valorizadas neste exercício de jornalismo esquizofrénico. A jornalista que escreveu a prosa achava porventura que na visão das testemunhas-intervenientes-manifestantes teria sido outra que não a polícia a dar início à violência?

Este artigo é engraçado. No título fala em “testemunhas”. No subtitulo em “intervenientes”. No primeiro parágrafo já são “manifestantes” (Rodrigo Moita de Deus)

Testemunhas dizem que a polícia iniciou a violência

O vídeo, em baixo, roubado a Paulo Pinto Mascarenhas, no blog do PPM, que por sua a vez o roubou a Henrique Raposo, mostra os confrontos em que participaram estas testemunhas….

Anúncios

Discussão

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: